Histórico e Administração dos Sites

SITES ENVOLVENDO TEMAS EM FISIOLOGIA VEGETAL

O Setor de Fisiologia Vegetal faz parte do Departamento de Biologia (DBI), que  possui outros 8 setores funcionais, que são responsáveis pelo oferecimento disciplinas de graduação  e pós-graduação lato e stricto sensu. Além dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas,  o DBI é o responsável pelas coordenações dos programas de pós-graduação em Genética e Melhoramento de Plantas (Mestrado e Doutorado), Fisiologia Vegetal (Mestrado e Doutorado), Microbiologia Agrícola (Mestrado e Doutorado), Botânica Aplicada (Mestrado e Doutorado) e Ecologia Aplicada (Mestrado e Doutorado).

O Setor de Fisiologia Vegetal é responsável pelo oferecimento de várias disciplinas de graduação e de pós-graduação, sendo responsável pela coordenação do Programa de pós-graduação em Fisiologia Vegetal a níveis de mestrado e doutorado. As disciplinas ofertadas pelo setor contemplam, em seus conteúdos programáticos, os vários temas/assuntos, que, mais do que fascinantes, são fundamentais para a formação de profissionais envolvidos e comprometidos com a exploração racional e conservação dos ecossistemas naturais e agrícolas. Produzir alimentos e outros produtos demandados pela sociedade, bem como a preservação ambiental, está fortemente relacionado com a boa formação nas diferentes áreas conhecimento ligadas com a Fisiologia Vegetal.

Os sites desenvolvidos, sob a nossa coordenação, sem nenhuma conotação mercantil, tem contado com a participação ativa de várias gerações de doutorandos e mestrandos do programa de pós-graduação em Fisiologia Vegetal, e de colegas de outras instituições que auxiliaram na elaboração dos textos. Além de permitir a solidificação destes pos-graduandos, tem o propósito de servir como um instrumento facilitador do estudo e  aprendizado dos alunos de graduação em Biologia, Agronomia, Floresta, Zootecnia e outras áreas relacionadas da UFLA e outras instituições de ensino. Permitem também que estudantes de mestrado e doutorado possam recuperar e sedimentar aspectos  e conhecimentos básicos dos temas/assuntos envolvidos com a área e na sequência também avançar e ter acesso a informações mais especificas e atualizadas, através de vários links e artigos disponibilizados.

Como docente e pesquisador temos também a preocupação permanente de estimular a leitura de publicações históricas que foram fundamentais e responsáveis  para o estado atual dos conhecimentos disponíveis sobre os vários temas relacionados com a fisiologia vegetal e abordados neste portal.  Infelizmente, nos dias atuais, não estamos dando atenção e nem valorizando, a cronologia histórica das bases do conhecimento científico e tecnológico gerados em cada época, relacionadas aos diferentes temas da fisiologia vegetal.  Consideramos que na formação profissional das atuais e futuras gerações de fisiologistas e áreas relacionadas, seja importante, debater e fazer uma reflexão da importância dos conhecimentos básicos, especialmente da química orgânica e mineral e da termodinâmica, que detinham as gerações antecessoras, e que contribuíram para o estado da arte que temos hoje, e também,  para o futuro,  em  ciência,  tecnologia e inovação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *